Camarões

Dom, 24 de Janeiro de 2010 20:20 Sônia Oliveira Comes & Bebes
Imprimir

Como camarão é um de meus pratos prediletos e, estando em Natal não posso deixar de saboreá-lo, então procurarei indicar várias opções para vários estilos e bolsos, até mesmo porque o Estado do Rio Grande do Norte é o maior exportador de camarão do Brasil, tem o privilégio de ter essa iguaria com mais facilidade. O cardápio traz dezenas de sugestões elaboradas com o crustáceo, como o Estrela do Mar, feito à milanesa com grãos de gergelim, acompanhado de molhos tártaro e rose. Servido com arroz à grega e purê de batata gratinado.

A primeira dica de restaurante a ser indicado aqui no blog é porque além de ser um dos melhores, está situado em um dos pontos mais evidentes de Natal, Ponta Negra, com a vista para o Morro do Careca. Além de possuir um ambiente extremamente agradável, vale a pena uma visita, com certeza.
Está citado em vejanatal (online), como o melhor. E, também no encarte especial da Vogue Brasil, onde cita o melhor da cidade de Natal.
Veja o site do grupo do restaurante (http://www.camaroes.com.br/) citado acima (são 3 restaurantes), inclusive um deles está localizado na praça de alimentação do Natal Shopping.

Curiosidade:
A origem da palavra "potiguar", que designa o natural do Rio Grande do Norte, é de origem tupi-guarani potiguar que significa "comedor de camarão".

Como sei que gostar de camarão não é só, um "privilégio" nosso (potiguares) e, comparando as duas cidades Natal/Rio quando o assunto é preço de camarão em restaurantes nem se fala, portanto vocês que não são da terrinha junte-se a nós e bom apetite, façam a festa. Conheço cariocas que sei que fazem, inclusive em uma de minhas idas a Natal, almocei com um colega carioca que estava em Natal, a trabalho, pois ele ficou tão impressionado com a comida que trouxe o jantar para a família, no Rio, achei o máximo...
Obs: do restaurante ele viria para o aeroporto e o voo era direto, ou seja, só 3 horas.

Produção de camarão deve crescer 500% no RN

O Rio Grande do Norte é o maior produtor e exportador de camarão do Brasil, mas vinha perdendo força em função de fatores como a retração do mercado externo e dos baques sofridos na infra-estrutura e na produção, com as cheias que atingiram o estado no ano passado. As previsões otimistas para o setor e a necessidade de ação por parte do poder público para reverter esse cenário foram apresentadas na manhã de ontem, durante o lançamento da Fenacam 2009 - principal feira do setor no Brasil, que será realizada entre os dias 15 e 18 de junho no Centro de Convenções de Natal.

Se tiver mais interesse, leia na íntegra a reportagem linkando o endereço:

http://www.portal.rn.gov.br/content/aplicacao/govrn/imprensa/enviados/noticia_detalhe.asp?nImprensa=1&nCodigoNoticia=11550
Última atualização em Qui, 03 de Junho de 2010 17:54