conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal Notícias Intolerância.exe e um F5 para atualizar o Ser Humano....

Intolerância.exe e um F5 para atualizar o Ser Humano....

E-mail Imprimir PDF

Queria saber passar a mensagem assim como o Flávio Rezende (mais resumida). Deem o desconto, pois não sou jornalista e sou uma eterna aprendiz. No momento, querendo aprender a escrever. De qualquer forma vou passar a mensagem sobre intolerência a minha maneira. Também não posso deixar de dar um CTRL  C (copiar) / CTRL  V (colar) na mensagem do Flávio que está perfeita para o momento atual que ao final do meu texto está como:  QUE DEUS TECLE UM F5 (atualizar) E  ATUALIZE  O SER HUMANO.

Para os que não tem familiaridade com o informatiquês (linguagem de informática) CTRL  e F5 são teclas de atalho. Vejam dicas, em fontes.

O preconceito é mais um tipo de doença e parece que esse vírus e/ou arquivo com nome de intolerância.exe está se alastrando cada vez mais ou é impressão minha? Já tínhamos esse preconceito todo e estava inrustido ou é porque hoje, temos mais acesso a informação? A opção sexual, por exemplo. Em um jogo você quer ver o espetáculo (futebol, voley, basquete, etc.etc..) não interessa com quem dorme a criatura, só a ela, ou não!?.   Por que o bullying? Você já viu uma criança dizer que não gosta de negro?

Eu já. E, acredito que uma criança ainda não tenha discernimento para dizer porque não gosta de uma pessoa e ainda mais por causa da pigmentação. Acredito, que tenha ouvido isso através dos adultos porque tenho exemplo. Meu pai (que adoro) dizia o tempo todo brincando e rindo: “você não me invente de casar com um negro! Eu, para acabar com o preconceito dele dizia, pois eu só gosto de negro e vou casar com um negro!.
Ele falava e ria. Mas, mas ele falava isso porque no fundo, já era uma mentalidade incutida de antepassados já não só ele, mas pessoas da geração dele falavam. Se tivesse tido uma filha que aceitasse o que ele dizia, seria mais uma geração. Então, eu não quis que lá em casa isso se perpetuasse. Acho também que devo ser agradecida, inconscientemente,  pois tive uma mãe de leite negra, que era nossa vizinha. Para os que tinha escravos eram chamadas de ama de leite. E eu desde cedo já falo pelos negros, quando não podia rebater o comentário (em respeito à pessoa, que não era da família)  ficava irada e na minha mas, quando me entendi de gente (adulta), comecei a falar o que penso.
Já pensou uma criança em plena formação sendo chamada o tempo todo de feia (o), negra (o), veado e sapata, gordo (a), e mais alguns termos agressivos conhecido como a palavra mais divulgada nos últimos tempos, o BULLYING. Se não tiver um bom acompanhamento carrega para o resto da vida problemas para a sociedade, como a última chacina ocorrida no colégio de Realengo.
Em escola existem as vítimas (que sofrem o comentário) e existem as que ajudam nos comentários, mas chegam em casa contando que eram expectadoras, ficando de fora da história. Como os pais agem, será que só ouvem? Quais as orientações?
Lembrei agora de uma senhora, deve ter uns 50 anos que é Cearense/carioca  e empresária. Chegou ao Rio criança,  e dizia que na escola não falava porque tinha vergonha, pois as crianças riam e ela tinha medo que a chamassem de Paraíba (o pejorativo). 
A orientação da mãe era para que ela falasse e deixasse a vergonha de lado, levantando a cabeça. Pois, a única diferença que existia era o sotaque. Quando ouvi essa história achei incrível muito interessante essa mãe, há 40 anos. A mãe dela era uma mulher inteligente!
Outra que ouvi hoje e por isso resolvi, escrever. Não me contive.
Tive que ouvir essa e ainda rebater, já que o conheço.
- eu estava com um amigo passando pelo posto 9, quando o amigo me disse  “não fique aí pois está correndo o risco de ser confundido”.  E, imediatamente minha namorada segurou o meu braço, para comprovar que eu estava acompanhado.
Não acreditei que estava ouvindo isso e perguntei como? Não me contive, mesmo não frequentando o posto 9, pois moro em Copa e o que gosto da praia é curtir o banho de mar do Leme e final do posto seis, sendo um dos melhores banho em praias da zona  sul o arpoador, adoro!. Já tinha essas dicas desde quando morava em Natal, através de um Carioca/potiguar. Fui conferir assim que cheguei ao Rio.
Nem por isso não deixo de ir ao posto 9, já fui algumas vezes com amigos cariocas e não cariocas e não vi nada demais, só cada pessoa com o seu estilo, também não me coloquei no lugar de uma expectadora como quem entra em um zoológico e fica como se estivesse vendo animais de diferentes espécies. Artistas nem se fala, tem pessoas que quando veem um artista parece que está vendo pessoas de outro planeta. Já vi muita gente fazer isso, fica acintoso. Encerrei dizendo:
- Quem informou isso para você é muito preconceituoso, lá é conhecido porque é frequentado pelos famosos, gente bonita, artistas, intelectuais, gays, preto, branco e quem respeita o outro, enfim frequentado por pessoas. Você mesmo pode frequentar lá, desde que esteja com a cabeça aberta para conhecer pessoas. Se for pela visão do seu amigo, ou melhor, com a visão do seu amigo você nem vai. Então, vai lá curtir a praia, tomar um banho de mar, uma água de coco. Enfim, tenha sua própria visão.
O que você passa a conhecer é o seu conhecimento, na sua visão. Então a partir do que você conheceu passará ser a sua própria opinião, podendo até continuar com os seus conceitos, pré-determinado ou não. Mas, são seus, não fique com a opinião do outro e nem leve conceitos para a vida adiante, sem conhecer as pessoas.

Ps: Não arquive em sua memória e nem dê download para o intolerência.exe, não queira se contaminar, faz mal a saúde. Aqui, você só precisa passar o antivírus, para deletar.  Minha sugestão é que respeite a opinão, opção, religião, sem agressão. Discuta (converse) sobre o assunto, mas não agrida.

Ps1: Mais uma vez eu, com minhas historias. Nem queria, mas penso, não tenho outro modo. Afinal, as histórias também são contadas através das outras e nem sempre como fofoca. Espero que tenha passado aqui como exemplos, fazendo dos maus exemplos (os citados aqui) um momento para reflexão.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ama_de_leite (sginificado de ama de leite)

http://www.boadica.com.br/dica/416/teclas-de-atalhos (principais teclas de atalho)

Assuntos relacionados:

Um Hotel espetáculo - Windsor Atlântica

QUE DEUS TECLE UM F5 E ATUALIZE  O SER HUMANO

Por Flávio Rezende*


Sei que não represento aqui a totalidade da humanidade, mas, muitos vão concordar comigo que é preciso convocar Deus para que Ele possa atualizar o ser humano.
Tentarei ser mais claro. A diferença hoje entre homens e mulheres está reduzida quase a zero. Os papeis em boa parte do planeta, estão praticamente trocados daqueles exercidos por muitos séculos. Ficando num exemplo clássico, os homens estão na cozinha e as mulheres na administração das empresas, países e governos em geral.
Na questão corporal, biológica diria, os que podem e querem, mudam de sexo. A cada dia ser homem ou mulher está se tornando irrelevante. Estamos caminhando a passos largos para a fusão entre os sexos.
Diante do exposto, se Deus atender nosso apelo e resolver atualizar o ser humano, no aspecto biológico ele tiraria um peito da mulher e colocaria no homem. Assim, amamentar poderia ser feito pelos dois. Se um não pudesse, o outro estaria ali. A gravidez também seria opcional. Um diria para o outro: - agora é sua vez!
O que hoje ainda chamamos de homem, no F5 de Deus, podia ter acrescido uma vagina e, a mulher, um pênis. Ai o ser decidia o que queria usar. Se você preferisse só um órgão, problema seu, o outro estaria ali pronto para entrar em operação.
Com esses órgãos atualizados para uma realidade praticamente presente no mundo de hoje, Deus estaria apenas revisando antigos conceitos, que o próprio ser humano tratou de deixar velhos e sem prazo de garantia. Estamos, podemos assim dizer, sem ter mais direito a assistência técnica divina, posto que para o papel que fomos criados, tecnicamente mudamos o manual e muitos já utilizam seus equipamentos desse jeito revolucionário.
Para que Deus não caia no erro de se aborrecer e ser questionado sobre seu papel de eterno paciente é, melhor, sugiro eu, que promova urgentemente essa revisão e nos dote a todos com essa igualdade orgânica.
No aspecto psicológico não sei como seria, pois, homens e mulheres hoje já se comportam de maneira trocada. Enquanto encontramos homens que são como mães, por aí tem mães que são como pais. Então a parte da cabeça já está toda doida mesmo, deixa continuar assim.
A questão financeira também está amalucada. Se antes os homens eram responsáveis pela provisão, missão até colocada em textos sagrados, hoje eles estão mais a fim de rede e cozinha, enquanto as mulheres estão com as contas bancárias cada vez mais gordas.
Para um cara ou uma cara como Deus - que nem a gente sabe se é homem, mulher, os dois ao mesmo tempo, uma energia, uma luz, uma onipresença, onipotência, onisciência ou tudo junto ao mesmo tempo é fácil existir sendo assim, avalie nós, podendo ser homem e mulher ao mesmo tempo, na verdade é uma idéia que vai terminar agradando todo mundo, pois, se continuar da maneira que as coisas estão em duas ou três gerações a atualização no corpo pode até não rolar se Deus não quiser, mas que vai ser todo mundo hermafrodita, isso vai, pode acreditar.

*É escritor, jornalista e ativista social em Natal/RN ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. )

Última atualização em Sex, 09 de Setembro de 2011 21:52  
Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 2391805