conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal

É com esse que eu vou - Musical

E-mail Imprimir PDF

Estava trabalhando ontem à tarde quando uma amiga me liga e diz tenho um ingresso para um musical, quer ir (hoje)? mesmo depois de 12 horas de trabalho,  não mais que de repente disse:
é com esse que eu vou, claro!”
Pena não ter ido ao musical anterior, Sassaricando, que são dos mesmos autores (Rosa Maria Araújo e Sérgio Cabral e direção cênica de Charles Möeller & Claudio Botelho), que foi um musical sobre as eternas marchinhas de carnaval fizeram mais de 200 apresentações em várias capitais do país e receberam 170 mil espectadores.  Agora, esse novo musical está chegando ao João Caetano com preços populares. É sobre sambas de carnaval com temas variados. É dividido em 2 atos  e, cada ato dividido em vários temas, muito interessante. É  uma história pelo mundo do samba e pelo Rio de Janeiro. Um amigo disse que leu em uma crítica que era irritantemente perfeito. 
O elenco é composto pelo Pedro Paula Malta, Alfredo Del-Penho, Marcos Sacramento e Mackley Matos -, duas estrelas de musicais, Soraya Ravenle e Lilian Valeska, além de uma legítima herdeira do trono do samba, Beatriz Faria, filha de Paulinho da Viola.
Fiquei impressionada com o vozeirão do Mackley Matos, que voz!. A Soraya Ravenle já conhecia como interpréte de musical em Dolores Duran, ela é incrível, além de ser uma atriz já conhecida, pois já atuou se não me engano em duas novelas globais,  enfim todo o elenco é de primeira qualidade.
Vale a pena conferir, estando pelo Rio de Janeiro a passeio não deixe de conhecer essa história. Muito fácil chegar lá de metrô desce na estação Carioca e pega a rua da carioca sentido praça Tiradentes, vá em frente, chegando na praça você verá dois teatros, um é o Carlos Gomes e o maior que é o João Caetano. Ambos são preços populares porque são teatros da prefeitura.

Fontes:
http://amoleblon.wordpress.com/2010/08/21/musical-com-esse-que-eu-vou-no-oi-casa-grande/
http://www.moellerbotelho.com.br/arquivos/12001
http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1633734-17665-402,00.html
http://np3.brainternp.com.br/templates/amaleblon/publicacao/publicacao.asp?cod_Canal=3&cod_Publicacao=851
http://www.moellerbotelho.com.br/about/claudio-botelho

Programa

ATO 1

Prólogo:

1) Sonho de um carnaval (Chico Buarque) 1965
2) A felicidade (Tom e Vinícius) 1959
3) É com esse que eu vou (Pedro Caetano) 1947

I – Rico x Pobre

1) Se eu tivesse um milhão (Roberto Martins - Roberto Roberti) 1941
2) E o vento levou (Benedito Lacerda - Herivelto Martins) 1941
3) Chora, doutor (J. Piedade – Gazzaneo – J. Campos) 1959
4) Tenha pena de mim (Ciro de Sousa – Babaú) 1937
5) Zé Marmita (Brasinha – Luís Antônio) 1953
6) Com que roupa? (Noel Rosa) 1931
7) Sapato de pobre (Luís Antônio – Jota Júnior) 1951
8) O orvalho vem caindo (Noel Rosa – Kid Pepe) 1934

II – Orgia x Trabalho


9) Eu trabalhei (Roberto Roberti – Jorge Faraj) 1941
10) Trabalhar eu não (Aníbal Alves de Almeida) 1946
11) Falta um zero no meu ordenado (Ary Barroso - Benedito Lacerda) 1948
12) O bonde de São Januário (Wilson Batista - Ataulfo Alves) 1941
13) O trem atrasou (Arthur Vilarinho – Estanislau Silva - Paquito) 1941
14) O que será de mim (Ismael Silva - Nilton Bastos – Francisco Alves) 1931
15) Isaura (Roberto Roberti – Herivelto Martins) 1945
16) Oh! Seu Oscar (Wilson Batista – Ataulfo Alves) 1939
17) Não vou pra casa (Roberto Roberti - Antônio Almeida) 1941
18) emana inteira (Klécius Caldas - Armando Cavalcanti) 1953
19) Abre a janela (Roberto Roberti – Arlindo Marques Jr.) 1938

Vídeo: O morro e o asfalto

Sambas citados:

Alvorada no morro (Carlos Cachaça, Cartola e Hermínio Bello de Carvalho) 1973
Exaltação à Mangueira (Enéas Brites e Aloísio da Costa) 1956
Acender as velas (Zé Kéti) 1967
Feio não é bonito (Carlos Lyra e Gianfrancesco Guarnieri)1963
Feitio de oração (Vadico e Noel Rosa)1932

III – Cidade x Morro

20) Lá vem o Ipanema (Roberto Roberti - Arlindo Marques Jr.- Marina Batista) 1948
21) ... e o 56 não veio (Wilson Batista – Haroldo Lobo) 1944
22) A Lapa (Herivelto Martins – Benedito Lacerda) 1950
23) Lata d’água (Luís Antônio – Jota Júnior) 1952
24) Mundo de Zinco (Wilson Batista – Antônio Nássara) 1952
25) Bom dia, Avenida (Herivelto Martins – Grande Otelo) 1944
26) Praça Onze (Herivelto Martins - Grande Otelo) 1942

IV – Tristeza x Alegria

27) Não tenho lágrimas (Max Bulhões - Milton de Oliveira) 1937
28) Deus me perdoe (Lauro Maia – Humberto Teixeira) 1946
29) Coitado do Edgar (Haroldo Lobo - Benedito Lacerda) 1945
30) Madalena (Aírton Amorim – Ari Macedo) 1950
31) Rosa Maria (Aníbal da Silva – Éden da Silva) 1948
32) Seu Libório (João de Barro – Alberto Ribeiro) 1942
33) A primeira vez (Alcebíades Barcelos - Armando Marçal) 1940
34) Implorar (Kid Pepe – Germano Augusto – João Gaspar) 1935
35) Atire a primeira pedra (Ataulfo Alves – Mário Lago) 1944
36) Leva meu samba (Ataulfo Alves) 1941
37) Fechei a porta (Sebastião Mota – Ferreira dos Santos) 1960
38) Madureira chorou (Carvalhinho – Júlio Monteiro) 1957
39) Eu agora sou feliz (José Bispo “Jamelão” – Mestre Gato) 1963

ATO 2

V – Solteiro x Casado

40) Casal feliz (Roberto Martins - Augusto Garcez) 1945
41) Solteiro é melhor (Rubens Soares - Felisberto Silva) 1940
42) Nega Maluca (Evaldo Ruy – Fernando Lobo) 1950
43) Velho descarado (Herivelto Martins) 1946
44) Amor de Carnaval (Zé Keti) 1968
45) Amor, amor, amor (Joaquim A. Araújo “Mistura”) 1961

VI – Feminismo x Machismo

46) Emília (Wilson Batista – Haroldo Lobo) 1941
47) Ai que saudades da Amélia (Ataulfo Alves - Mário Lago) 1942
48) A lavadeira (Herivelto Martins) 1944
49) Mulher de malandro (Heitor dos Prazeres) 1932
50) Você me paga o que fez (Antônio Nássara) 1938
51) A mulher que é mulher (Klécius Caldas - Armando Cavalcanti) 1954
52) Você vai se quiser (Noel Rosa) 1937
53) O bigode do rapaz (Roberto Martins – Augusto Garcez) 1943
54) É bom parar (Noel Rosa – Rubens Soares) 1936
55) Fica doido varrido (Benedito Lacerda – E. Frazão) 1945
56) O homem sem mulher não vale nada (Roberto Roberti - Arlindo Marques Jr.) 1939
57) Vou sambar em Madureira (Haroldo Lobo - Milton de Oliveira) 1946
58) Sei que é covardia (Ataulfo Alves - Claudionor Cruz) 1939
59) Louco (Ela é o seu mundo) (Wilson Batista - Henrique de Almeida) 1947
60) Não me diga adeus (Paquito - Luiz Soberano - João Correa da Silva) 1948

VII – Briga x Paz

61) Pra seu governo (Haroldo Lobo – Milton de Oliveira) 1951
62) Mora na filosofia (Monsueto – Arnaldo Passos) 1955
63) Me deixa em paz (Monsueto – Aírton Amorim) 1952
64) Se eu errei (Edu Rocha – Francisco Neto – Humberto de Carvalho) 1953
65) Eu não tenho ninguém (Francisco Neto – Carvalhinho) 1957
66) A fonte secou (Monsueto – Tufic Lauar – Marcléo) 1954
67) Meu consolo é você (Roberto Martins – Antônio Nássara) 1939
68) O correio já chegou (Ary Barroso) 1934
69) Recordar (Aldacir Louro – Aluísio Marins – Adolfo Macedo) 1953

VIII – Apologia do Samba

Prólogo:

• A voz do morro (Zé Kéti)

70) Que samba bom (Geraldo Pereira – Arnaldo Passos) 1949
71) E o samba continua (Ary Barroso – Lamartine Babo) 1935
72) Um samba em Piedade (Ary Barroso) 1932
73) Quero morrer no Carnaval (Luís Antônio – Eurico Campos) 1961
74) Império do Samba (Zé da Zilda – Zilda do Zé) 1955
75) Se é pecado sambar (Manoel Sant’Anna) 1950
76) Alegria (Assis Valente – Durval Maia) 1937
77) Tristeza (Haroldo Lobo – Niltinho) 1966
78) É com esse que eu vou (Pedro Caetano) 1947
79) Agora é cinza (Alcebíades Barcelos – Armando Marçal) 1934
80) Até amanhã (Noel Rosa) 1933





 

Comentários  

 
0 #3 2011-01-05 15:24
Obrigada Lenira. O site é o meu hobby de coração e o meu novo projeto dado o lançamento a partir do sorteio será um projeto para nós, potiguares e cariocas...
Bjs
Citação
 
 
0 #2 2011-01-05 14:48
Sonia,
Parabéns pelo blog, parabens pelo seu trabalho. Adorei a ambos. Um abraço grande da conterrânea, Lenira Fonseca.
Citação
 
 
0 #1 2010-12-18 00:05
Adoro suas dicas!

beijos
LUV!
Citação
 

Comentar

@co.mailboxxx.net


Código de segurança
Actualizar

Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 2058055