conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal

FRIDA KAHLO CONEXÕES ENTRE MULHERES SURREALISTAS NO MÉXICO

E-mail Imprimir PDF

Fui ao centro cultural da caixa econômica do Rio de Janeiro e vi a exposição FRIDA KAHLO CONEXÕES ENTRE MULHERES SURREALISTAS NO MÉXICO.

É uma mostra impactante, pois a pesquisa minuciosa da curadora Tereza Arcq descobriu a forma como uma rede intricada, com inúmeras personagens, se formou tendo como eixo a figura de Frida Kahlo. O foco dessa história são artistas mulheres, muitas delas reconhecidas no passado como “esposas” desse ou daquele artista. Elas são protagonistas: criam aproximações, promovem eventos, trocam correspondências, desafiam lugares comuns, escapam de qualquer submissão e, claro, produzem obras de arte de vigor inquestionável.

A caixa cultural compartilha com o público do Rio de Janeiro e o que visita a cidade a oportunidade de olhar com mais atenção para essas artistas e seu legado, que posam ser reconhecidas nos enigmáticos espelhos que construíram.

Nesse post alguns cliques são meus e além dos autorretratos de Frida Kahlo ainda temos o autorretrato de Rosa Rolando, um quadro que cliquei porque achei interessante, tem várias imagens ao fundo que dar uma ideia de caos. A maior parte das 15 artistas (Maria Izquierdo, Remedios Varo, Leonora Carrington, acqueline Lamba, Alice Rahon, entre outras) que compõem a exposição conheceram Frida (outras se inspiraram nela), e são reveladas pela exposição. Algumas artistas era mexicanas ou radicadas no México por causa da guerra.

Frida era obstinada em pintar autorretratos, 55 ao todo, que representam um terço de toda sua obra ela justificava dizendo: “Pinto a mim mesma porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor”. Conheca a história e suas obras no site.

A pintora mexicana se retratou diversas vezes com elementos de sua vida, tanto externos como internos, diferente da maioria dos autorretratos que são centrados na aparência do/a artista. Clique aqui e conheça algumas imagens com família e com Diego Rivera, seu grande amor, chegou a pintar seu autorretrato com o Diego na cabeça e intitulou “Diego em meu pensamento. O segundo aqui exposto.

Natureza MortaPintar era a conexão de Frida com a vida e o mundo. Muitos de seus quadros eram natureza-morta (foto). No geral, as frutas aparecem abertas, com as polpas suculentas à mostra, de forma tentadora, o que pode ser relacionado ao sexo.

 

Pesquisando pela net encontrei uma dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRN do estudante e meu conterrâneo, Felipe Henrique Monteiro Oliveira, intitulada CORPOS DIFERENCIADOS E O PROCESSO DE CRIAÇÃO DA PERFORMANCE “KAHLO EM MIM EU E(M) KAHLO”. É uma visão geral de arte de pessoas com deficiência. Conta toda a vida de Frida Kahlo com suas dificuldades e Mesmo com a saúde debilitada, devido aos vinte e nove anos de dores constantes, nos quais utilizou diferentes coletes feitos de aço, couro e gesso, sofreu várias internações, fez trinta e duas cirurgias e teve a perna direita amputada, Kahlo insistia em não obedecer às recomendações médicas e continuava bebendo e fumando em demasia. Seu estado clínico piorou e em 1954, com 47 anos de idade (nasceu em 6 de julho de 1907, morreu em 13 de julho de 1954), faleceu em decorrência de uma embolia pulmonar proveniente da pneumonia, porém seus escritos no diário mostram uma possível tentativa de suicídio a partir de uma overdose de remédios. Seus familiares respeitaram sua última vontade e seu corpo foi cremado.

Durante toda sua vida Kahlo criou aproximadamente duzentas obras de arte, dentre elas cinquenta e cinco são autorretratos. Suas pinturas enfatizam seu sofrimento, entretanto não demonstram características sentimentalistas ou de autopiedade, pelo contrário, retratam o ser humano que foi capaz de subverter suas variadas e intensas dores físicas e psicológicas. Deste modo, é possível constatar o seguinte aspecto:

A pintura foi uma parte da batalha de Frida Kahlo pela vida. Foi também uma parte significativa de sua autoinvenção: em sua arte, assim como em sua vida, a autorrepresentação teatral era um meio de controlar seu mundo. À medida que ela se recuperava, sofria recaídas e se recuperava novamente, Frida se reinventava. Ela criou uma persona capaz de se deslocar e aprontar travessuras com a imaginação, e não com as pernas. (HERRERA, 2011, p.98).

E para quem gosta de moda indo à exposição poderá ver os trajes que tanto marcaram o estilo de Frida, que fez do seu guarda-roupa uma forma de arte. Vá logo, pois é só até dia 27 de março.

Algumas Frases de Frida Kahlo:

- "Para que preciso de pés quando tenho asas para voar?"

- "Eu nunca pinto sonhos ou pesadelos. Pinto a minha própria realidade."

- "Bebi porque queria afogar minhas mágoas, mas agora as coisas malditas aprenderam a nadar."

- "Eu pinto autorretratos porque estou muitas vezes sozinha e porque eu sou a pessoa que eu conheço melhor."

- "A pintura tem ocupado minha vida. Perdi três filhos e uma série de coisas que poderiam ter preenchido a minha vida horrível. A pintura substituiu tudo. Eu acho que não há nada melhor do que trabalhar.

Conheça Frida Kahlo:

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderon foi uma das personagens mais marcantes da história do México. Patriota declarada, comunista e revolucionária Frida Kahlo, como ficou conhecida, teve uma vida de superações e sofrimentos que refletidos em sua obra a tornaram uma das maiores pintoras do século.

Nascida em 6 de julho de 1907 em Coyoacan, México, filha do famoso fotógrafo judeu-alemão Guillermo Kahlo e de Matilde Calderon y Gonzales, mestiça, Frida sempre foi apaixonada pela cultura de seu país e adorava tudo que remetesse às tradições mexicanas. Fato que ela sempre fazia questão de demonstrar em sua maneira de se vestir e em seu trabalho ao incluir elementos da cultura popular.

Em seu diário, publicado em 1995 e traduzido para diversas línguas, e em sua autobiografia publicada em 1953, Frida deixou registradas suas dores e sobretudo suas frustrações pela infidelidade do marido, por quem era extremamente apaixonada, e pela impossibilidade de ter filhos. Toda sua obra, constituída majoritariamente por auto-retratos reflete essa condição.

Continue lendo a biografia completa, clicando aqui.

Assuntos Relacionados:

Caixa Cultural - Centro cultural da CEF

Metamorfose, exposição e música...

A História do Egito (Egiptomania). E, também o nordeste e o sudeste.

Justiça Federal contribuindo com a Cultura - CCJF

Guera e Paz - Portinari no Municipal RJ

“Rio de Janeiro a Dezembro” e “Sem Fronteiras”

O Rio de Janeiro de Debret

Fontes:

http://fkahlo.com/

http://www.cultura.rj.gov.br/materias/as-cores-e-a-magia-de-frida-kahlo

http://www.caixacultural.com.br/SitePages/home-principal.aspx

http://www.significados.com.br/surrealismo/

http://www.suapesquisa.com/quemfoi/frida_kahlo.htm

http://www.infoescola.com/biografias/frida-kahlo/

http://www.infoescola.com/biografias/diego-rivera/

http://www.infoescola.com/mexico/historia-do-mexico/

https://saladeartesvirtual.wordpress.com/2013/05/12/frida-kahlo-autorretrato-biografico/ (quadro do autorretrato Diego em meu pensamento)

http://pintorasmexicanas-rosaronalda.blogspot.com.br/ (Blog da Rosa Ronalda com vários quadros)

http://www.heloisamarra.com/home/blitz/50258-as-mulheres-de-frida-kahlo.html (gostei muito da postagem desse site da Heloisa Marra)

http://www.alemdosofa.com.br/frida-kahlo-conexoes-entre-mulheres-surrealistas-no-mexico/ (outro blog interessante sobre a exposição realizada em São Paulo)

http://guia.folha.uol.com.br/exposicoes/2015/09/1685957-frida-kahlo-e-mais-15-mulheres-guiam-mostra-no-instituto-tomie-ohtake.shtml

http://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/12454/1/FelipeHMO_DISSERT.pdf (dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRN do estudante e meu conterrâneo, Felipe Henrique Monteiro Oliveira)

 

 

 

 

Comentar

@co.mailboxxx.net


Código de segurança
Actualizar

Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 1411987