conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal

Tarsila do Amaral/Brasil, Musa Radiante por Drummond.

E-mail Imprimir PDF

A melhor forma que achei para iniciar esse post da exposição que vi no CCBB/RJ é mencionar o texto que está ao lado do retrato de Carlos Drummond de Andrade, desenhado por Tarsila. O resto foi buscando mais pesquisa de outros sites/blog (em fontes) e montando do meu jeito o que vi e gostei.

Para ler/ver melhor, clique nas fotos.

"Tarsila ,
nome Brasil, musa
radiante

que não queima, dália
sobrevivente
no jardim desfolhado, mas
constante
em serena presença
nacional fixada com
doçura,
Tarsila amora amorável
d’amaral
prazer dos olhos meus
onde te encontres
azul e rosa e verde para
sempre"

Trechos de BRASIL/TARSILA de Carlos
Drummond de Andrade

Após 43 anos obras de Tarsila chega ao Rio a exposição "Tarsila do Amaral - Percurso Afetivo" está no CCBB até dia 29 de abril, de terça a domingo das 9h às 21h. A mostra conta com 82 obras constituídas por pinturas, esculturas e desenhos, e exibe também objetos pessoais como a estola, bengala, pinceis, palheta de tintas, cartas e o diário de Tarsila. Uma aula de arte para qualquer um. Fico imaginando que mulher corajosa para uma época de opressão e ela com sua criatividade começa a trazer para a arte moderna  o desenho e a pintura. 
Uma exposição que mesmo quem nunca leu nada sobre quem foi Tarsila e vai ver pela primeira vez recai sobre um olhar social,  acredito que é o que muitos virão. A minha visão foi essa, mesmo em meio a tanto colorido algumas expressões são muito tristes. É o caso do quadro  trabalhadores (1938, não encontrei na net e nem cliquei, também não sei se podia pois algumas exposições não são permitidas) em que a frente de todos tem um negro com uma expressão de um rosto sofrido.   Também, uma pessoa envolvida politicamente em uma época de efervescência cultural mesmo sendo do mundo das cores não iria ver o mundo tão colorido, impossível.   O quadro operários, por exemplo,  foi pintado nos anos 30 época do capitalismo industrial e de uma classe de trabalhadores marginalizada e explorada.

A obra mais conhecida de Tarsila é o "Abaporu",  que foi pintada em 1928 para dar de presente de aniversário a Oswald de Andrade que se empolga com a Tela e cria o movimento "Antropofágico". 
A obra “Abaporu” (do tupi-guarani aba e poru, "homem que come") é um quadro em pincel sobre tela. Hoje é a tela brasileira mais valorizada no mundo, tendo alcançado o valor de US$ 1,5 milhão, pago pelo colecionador argentino Eduardo Costantini em 1995. Encontra-se exposta no Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires (MALBA).
A obra “Abaporu” inspirou Oswald de Andrade a escrever e criar o Manifesto Antropófago, com a intenção de "deglutir" a cultura européia e transformá-la em algo bem brasileiro.
Atualmente é o cartão de visita do Museu de Arte Latino-Americano de Bueno Aires (MALBA), sendo a obra mais concorrida pelos visitantes, colecionadores, marchand, e apreciadores do gênero, ao lado de nomes ilustres como Di Cavalcanti, Cândido Portinari e outros. Um verdadeiro orgulho do povo brasileiro e dos portenhos.
A exposição não contará com a obra mais famosa da artista, “O Abapuru”, que o Brasil perdeu para a Argentina nos anos 90 e que, em 2011, a pedido da presidente Dilma Rousseff, já foi trazido do Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires para uma exposição em Brasília.  Clique aqui a foto com o Barak Obama e a presidenta Dilma Roussef ao lado de um dos nossos símbolos da pintura Brasileira.

Tarsila do Amaral
O crítico de arte Jacob Klintowitz foi preciso ao afirmar que Tarsila do Amaral tornou-se o símbolo de um acontecimento do qual esteve ausente: a Semana de Arte Moderna. Tarsila, espírito inquieto, despontou à margem da Semana, integrando-se ao ideário modernista tempos depois, primeiro com obras de influências nitidamente cubistas e mais tarde com as estranhas figuras da chamada fase antropofágica.
Suas ligações com a arte européia, em todos esses momentos, são fortíssimas, mas Tarsila conseguiu, apesar disso, incorporar um espírito de encantadora brasilidade ao seu trabalho.
Tarsila do Amaral nasceu em 1886, na Fazenda São Bernardo, em Capivari (SP). De família rica, teve uma infância paradoxal: moradora de fazenda, crescendo entre bichos e plantas, vivia simultaneamente um cotidiano de menina rica: tudo o que sua família usava - roupas e utensílios – vinha diretamente da Europa. Cresceu aristocrática em meio a paisagens simples e gente humilde.
Seu amor à arte iniciou com a família, em saraus domésticos em que a mãe tocava piano e o pai lia poemas em francês. Saiba mais: http://www.artelivre.net/html/pintura/al_pintura_tarsila_do_amaral.htm

ps:

Ao meu lado dois adolescentes observando o quadro orfanato. Comenta:
“Que crianças tristes, não gosto de ver crianças desse jeito”
E eu pensando: “Crianças em orfanato em qualquer época é triste, imagina retratada naquela época por uma pessoa engajada no socialismo”.
Essas crianças/adolescentes ainda não tem noção da realidade daquela época, ainda bem que para elas são outros tempos.
Hoje, não está (ainda) uma maravilha desejada. Além da Tarsila aqui onde vemos que ela foi uma pessoa nascida com tudo e agora lendo um pouco mais sobre o Livro das histórias das canções de Chico (mais um a postar..) em que cita que sempre foi um menino desde cedo engajado em trabalhos sociais até mesmo por causa do colégio. Era um menino de zona sul de São Paulo.  Penso:
Será que uma criança engajada assim é influenciada pelas atividades ou é porque é dela mesma? Influencia, mas tem que ser da pessoa não!? Como que uma pessoa como Tarsila do Amaral, nascida em berço de ouro, tinha uma visão dessas? E, naquela época em que a burguesia era servida por escravos, Incrível.

Clique em leia mais e veja todas as fontes que busquei. Como também um ótimo site para crianças começar a brincar/conhecer a arte de Tarsila através  das peças  dos  quebra-cabeças.  http://www.tarsiladoamaral.com.br/criancas_cabecas.html

Informações atualizadas em 02/03/2012

Ontem 01/03 foi comemorado os 447 anos da cidade do Rio de Janeiro e a filha de uma amiga Carioca, por tabela também minha amiga, podendo também ser minha filha está aqui desejando Paz para a cidade maravilhosa e eu já curti, claro. Clica aqui e conheça a mensagem. http://rioetc.com.br/rio-etc/parabens-pra-voce-rio-31/

Se quiser mandar sua mensagem para a cidade maravilhosa pode ser enviada até dia 8/03, entra no link acima e veja mais detalhes. Pena eu não estar lá porque queria mandar a minha sendo clicada em frente a estátua do Drummond, claro. Minha mensagem seria:

Rio, uma estrela iluminada que recebe o mundo merece tudo de bom....

Fontes:
http://www.lumiarte.com/luardeoutono/oswald/manifantropof.html (manifesto antropófago)
http://www.febf.uerj.br/pesquisa/semana_22.html (semana da arte moderna de 1922)
http://www.tribunaforense.com/cultura/?p=510 (Aboporu que está em Buenos Aires)


http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/rio-de-janeiro-abre-mostra-de-tarsila-do-amaral (A formação da ideia do quadro a NEGRA)
http://cartacarioca.com.br/?p=762 (carnaval em Madureira)
http://www.caleidoscopio.art.br/roteiro/exposicoes/tarsila-do-amaral.html
http://www.saraivaconteudo.com.br/Noticias/Post/44018
http://planetin.blogspot.com/2008/01/verdadeiras-obrasdearte-tarsilaamaral.html (vários quadros)
http://blogdatarsiladoamaral.blogspot.com/
http://pnld.moderna.com.br/2011/09/01/125-anos-de-tarsila-do-amaral/ (Pimeiro quadro aos 16 anos)
http://www.culturamix.com/cultura/arte/tarsila-do-amaral (aqui que vou colocar os quadros no post)
http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/apos-43-anos-obras-de-tarsila-do-amaral-chegam-ao-rio (após 43 anos obras de Tarsila do Amaral vem ao Rio os 3 que lembram o Rio)
http://www.artelivre.net/html/pintura/al_pintura_tarsila_do_amaral.htm
http://terraqueo2009.blogspot.com/2012/02/exposicao-das-obras-de-tarsila-do.html (amei e tem a história de um filme da vereadora antropófagica. Quero assistir)
http://sala3d2007.blogspot.com/2007/11/estrada-de-ferro-central-do-brasil.html (EFCB)
http://www.tribunaforense.com/cultura/?p=510 (Aboporu que está em Buenos Aires)
http://www.ceep.org.br/espaco-de-formacao/materiais-de-apoio-ao-docente/93-operarios-tarsila-do-amaral?2f21be0ea074a028fbde29236b22d5fe=2e374e14f2eaf5f2734463e66997e9b3 (Pintura operários)
http://mariene.com.br/?page_id=5 (O niver de 7 anos foi o bolo de Tarsila) Encontrei esse blog da Marine Lino http://mariene.com.br/?page_id=32 com uma história de formação muito interessante começando a ler e escreve aos 4 anos)
http://www.tarsiladoamaral.com.br/criancas.html (Tarsila para Crianças)
http://www.tarsiladoamaral.com.br/criancas_cabecas.html (Crianças Quebra-cabeças)
http://www.tarsiladoamaral.com.br/versao_antiga/historia.htm (Uma explicação sobre os quadros) A História do Aboporu está perfeita aqui e também sobre Religião Brasileira)
http://margaritasemcensura.com/home/semana-de-arte-moderna-de-22-90-anos-2 (muito bom esse site da Margarita Sem Censura quando comenta os 90 anos da Arte Moderna de 1922)

http://noticias.r7.com/internacional/fotos/veja-fotos-do-presidente-barack-obama-no-brasil-20110319-35.html (A foto da presidenta com Barak Obama em Brasília)

 

 

Comentários  

 
0 #1 2013-08-05 20:15
cadê o quadro Uma Mulher e alguma coisa sobre ele? :sigh:
Citação
 

Comentar

@co.mailboxxx.net


Código de segurança
Actualizar

Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 1388713