conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal

Museu Nacional de Belas Artes - MNBA expondo o Rio

E-mail Imprimir PDF

No Museu Nacional de Belas Artes tem muito a se conhecer. Mas, como fui com crianças 3 e 7 anos, impossível  fazer  tudo que se quer. E, ainda mais o programa foi um que daria para qualquer idade. Fomos especialmente para a exposição, Rio: a arte da animação, com um acervo que inclui desde as primeiras páginas do roteiro até o resultado final do filme Rio, um estrondoso sucesso de público. Storyboards, esboços dos personagens e cenários, além de todo processo de montagem computadorizada do filme dirigido pelo carioca Carlos Saldanha. 
Foi um ótimo programa que deu tanto para as crianças como para os adultos, enquanto dava para circularmos, ler com tranquilidade ficando à vontade, eles ficavam vendo o filme ou nos jogos eletrônicos. O que mais observei é que as crianças com todos aquele desenhos ainda ficavam entretidos em jogos eletrônicos.  Não tem jeito é o mundo eletrônico...Presenciei até a cena do pai insistindo com o filho: “ Não filho, chega, basta em casa”.
A saída da exposição Rio era pela sala de esculturas, que é uma coleção constituída, em sua maioria, de obras do século XIX. Algumas destas obras são de autores que vieram para o Brasil e aqui se radicaram, como os irmãos Marc e Zépherin Ferrez, integrantes da Missão Artística Francesa que chegou ao Rio de Janeiro em 1816. Entre outros artistas encontram-se representados Ferdinand Pettrich, Louis Rochet, François Rude, Antonio Teixeira Lopes, Emile Bourdelle e Auguste Rodin.
Ainda queria ter ido ao Pátio Lily e Roberto Marinho para ver o painel de azulejo muito bonito que faz muitos anos que conheci e queria voltar para mostrar a avó dos meninos, pois Foi concebido em homenagem aos 18 operários que faleceram num desabamento durante os trabalhos de abertura do Túnel Santa Bárbara, que liga o bairro do Catumbi ao das Laranjeiras, na cidade do Rio de Janeiro-RJ.
Observe-se que a invocação a Santa Bárbara deve-se ao fato de ser a mesma padroeira dos mineiros e trabalhadores em galerias subterrâneas.
Inicialmente o Painel foi instalado numa pequena Capela localizada em uma gruta em cima do túnel, tendo lá permanecido por 20 anos. Leia mais sobre o painel no site do MNBA.
O museu também está em obras e algumas áreas estão fechadas, cheguei até a perguntar ao funcionário até quando ia essa reforma. A resposta do funcionário foi: “só quando a dona Dilma liberar verbas”. 
As fotos aqui foram alguns cliques e, como eram duas crianças. Vou deixar para clicar mais na próxima visita que estou contando os dias para chegada do Daniel, o menininho do céu (lá de casa, afilhado de minha irmã) e a madrinha chegarem de Natal no dia 10 e farei questão de fazer mais um daqueles passeios, com cliques,  que digo que me são repetitivos  e  incansáveis.  Esse será um post só sobre o filme, tinha uma sequência de fotos muito interessante, só no Blue foram usadas 5 milhões de penas... Aqui é para que se conheça um pouco o MNBA e ter noção de como foi o projeto do filme que desde o início é muito legal e é uma exposição para marcar o Brasil e torcer para que os feras da animação, aqui no Brasil, se inspirem mais e mais e possamos ter produções desse porte partindo aqui do Brasil, já que a cada ano o Anima Mundi faz mais sucesso.

Histórico do MNBA
O acervo do Museu Nacional de Belas Artes teve origem no conjunto de obras de arte trazido por D. João VI de Portugal, em 1808, ampliado alguns anos mais tarde com a coleção reunida por Joachin Lebreton, que chefiou a chamada Missão Artística Francesa, formando a mais importante pinacoteca do país. Este núcleo original foi enriquecido com importantes incorporações ao longo do século XIX e início do século XX.
Com a construção da nova sede da Escola Nacional de Belas Artes, em 1908, projeto do arquiteto Moralles de los Rios, este acervo passou a ocupar parte do novo prédio, sendo o Museu criado oficialmente em 13 de janeiro de 1937.
Para você ir ao museu, indo de metrô desça na estação Cinelândia, pegue a escada que diz saída Rio Branco – Teatro Municipal e Biblioteca Nacional, no post  Justiça Federal contribuindo com a Cultura - CCJF já falei sobre as proximidades. Se for de ônibus pegue qualquer um que lhe deixe nas proximidades da Cinelândia ou até mesmo quem vem da região serrana existe alguns ônibus que faz ponto final no castelo que também é próximo. Sé anda umas 3 ruas e se você é ligado a internet veja no googlemaps. Senão pergunta que com certeza não faltará boa vontade.

Assuntos relacionados:

Pontes - Diminuindo distâncias e mostrando belezas...
MAC - Museu de Arte Contemporânea em Niteroi

Jenipabu - Com ou sem emoção vale a pena... (Relação  com o post das pontes, pois estando em Natal é quase que uma obrigação ir a Jenipabu. Não indo é como se fosse a Roma e não ir ao Vaticano. Ir à Paris e não ver a Torre Eifel. Ah, claro ir vir ao Rio e não ir ao Cristo. Vamos fazer uma relação com praia é como  Vir ao Rio e não ir em Copacabana e Ipanema. Em Natal não deixe de Caminhar em Ponta Negra é a nossa Copacabana, vai até o morro do careca e toma um banho naquelas piscina de águas mornas)
Carlos Drummond de Andrade - No mar estava escrito uma cidade (Aqui tem a foto da vaca com um livro que fez parte da exposição Cow Parede)
Drummond, Copacabana e meus cliques. (Os cliques incansáveis com amigos e familiares)

Teatro Municipal com visita guiada. (aqui as dicas do entorno da cinelândia e como chegar ao Rival)

Fontes:

http://www.mnba.gov.br/2_colecoes/a4_ee.htm (as esculturas expostas no MNBA)
http://www.mnba.gov.br/6_programacao/programacao.htm (programação da exposição Rio)
http://www.animamundi.com.br/
http://www.ceramicanorio.com/conhecernorio/djanirapainelmnba/PAINELDEAZULEJOSDADJANIRA.html
(Painel de Santa Bárbara)
http://www.sabercultural.com.br/template/ArteBrasilEscultores/Esculturas-do-Acervo-Brasileiro-8.html (aqui tem algumas esculturas do MNBA entre elas o ceifeiro.  A mesma que eu cliquei o Yan ao lado)

 

Comentários  

 
0 #4 2011-07-31 13:04
SE TODOS OS PAIS DE MENINOS E MENINAS, PUDESSEM SEMPRE INSTRUI-LOS NESSES CAMINHOS COMO OS DOIS PIMPOLHOS ACIMA, OS QUAIS AMO MUITO........LEVANDO SEMPRE A CULTURA ATE ELES, SERIA MUITO BOM....
Citação
 
 
0 #3 2011-07-26 06:17
Walter tem muito mais coisa. É que está em reforma, como falei. Nesse Rio tem muito museu interessanta para se ver e eu postar aqui.
Você precisa vir ao Rio e fazermos juntos os registro, você com seus cliqueis, seria o máximo. aí sim. Literalmente um Rio/Natal.
Olha a minha amiga Deby Carioca/Campinense, pois é Deby pimpolhos (emprestados) pelo final de semana deu um jornal sim, com certeza. Imagina o que eles vão contar..
Citação
 
 
+1 #2 2011-07-26 00:33
Não sabia que esse museu tinha um acerso tão belo e com tantas esculturas bonitas assim. Vou visitá-lo na minha primeira ida ao Rio.
Citação
 
 
+1 #1 2011-07-25 22:05
Obrigada por ter levado os meus pimpolhos!!! Ja consigo até imaginar uma reportagem,.,... rssss
Citação
 

Comentar

@co.mailboxxx.net


Código de segurança
Actualizar

Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 1388714