conectando rio natal

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Principal

Meio ambiente - Leitura para criança

E-mail Imprimir PDF

 

Limpando a CidadePara recuperar o estrago já feito pelas gerações passadas, vamos cada vez mais falar no assunto e passar o que for possível para a nova geração, sendo um assunto cada vez mais presente. Postarei aqui umas dicas de literatura para criança e jovens, que tem tudo a ver...
E a figura ao lado é do bonequinho Sujismundo, que surgiu nos anos 70. Depois de anos, agora voltando em nova versão, como herói, com o assunto que não tem idade e necessário sempre, cuidando do que é nosso, o planeta terra.
PS: Nos anos 70 quem falava em meio ambiente, era considerado ECOCHATO.

Inimigo da sujeira

Quem se lembra do Sujismundo, personagem porcalhão que estrelou nos anos 70 uma campanha nacional contra a falta de higiene? Como ele era simpático toda vida, o tiro acabou saindo pela culatra. A causa agora é a mesma, mas encabeçada por uma figura bem diferente, a começar pela pinta de herói. Para combater o mau hábito de jogar lixo no chão, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) deu vida ao Super Gari, bonequinho semelhante ao brinquedo Playmobil que estará em anúncios de TV, previstos para ir ao ar no fim do mês, e em histórias em quadrinhos com sua inseparável vassoura. Fonte: vejario em 190809.

Quem forma bons leitores/escritores?

A família, oferecendo um ambiente onde os materiais de leitura e escrita estão presentes e dando o exemplo (ou seja, lendo e escrevendo).
A escola, alfabetizando e depois continuando (em todos os níveis de educação) o tratar de leitura e escrita em todas as matérias, e não apenas nas aulas de língua portuguesa.
A sociedade, oferecendo um ambiente cultural rico e encorajador, com muias experiências de letramento, na qual todas as pessoas passam se sentir incluídas.
Texto extraído do instituto ecofuturo - Leia para os seus filhos. Leia com os seus filhos.

O Menino do Dedo Verde é um livro infanto-juvenil escrito por Maurice Druon em 1957, sendo este o único livro fictício e de linguagem infantil que o autor escreveu.

Fontes para pesquisa e leia mais

http://comlurb.rio.rj.gov.br
http://www.pucrs.br/mj/videos.php (Vídeos diversos sobre mãe terra)
http://www.limpabrasil.com

 

 

Livro InfantilO MENINO DO DEDO VERDE

Nada mais atual para a criançada do que este livro, escrito em 1957 e relançado este ano. Tistu era um menino que não gostava de escola, não se adaptou à educação formal. O pai e a mãe, em vez de tentar torná-lo um menino “como os outros”, decidiram apostar num outro tipo de ensinamento, certos de que a vida há de ser melhor professora. Foi assim que Tistu, em conversa com o jardineiro Sr. Bigode, descobriu que tinha um polegar verde, que conseguia fazer nascer flores e plantas em todos os lugares. A primeira experiência do menino foi na cadeia da cidade, que acordou coberta de flores e causou um rebuliço. Para o menino, esta seria a forma ideal para uma ressocialização, já que ninguém consegue repensar em seus pecados e ficar “bom de novo” se estiver num território todo sujo e feio. A tradução é de Dom Marcos Barbosa, e o livro, freqüentemente comparado a “O Pequeno Príncipe” foi escrito pelo ex-ministro da Cultura da França.

Esta fábula trata de questões relacionadas com os conceitos de convívio social, ética e cidadania; e foi pioneira ao abordar o tema ecologia. O texto é lindo, e vale a pena ser resgatado sobretudo nestes nossos tempos tão poucos líricos.

PS: Como o jardineiro aqui da história o meu pai também se chama seu Bigode. Se chegar alguém na rua e perguntar onde mora o Sr. José Cândido (nome de registro) ninguém conhece.

Livro infantil50 COISAS SIMPLES QUE...

Também escrito pela organização The Earth World Groups, este livro conta as 50 coisas simples que as crianças podem fazer para salva a terra. A despeito da tristeza de estarmos repassando para uma geração mais nova a tarefa de tentar consertar aquilo que estragamos, o livro vale a pena. Com cuidado, para não transformarmos as crianças em miniadultos estressados, é possível ler junto e, sobretudo, aproveitar o momento para explicar corretamente algumas expressões que, não tem jeito, elas ouvem mais do que deveriam ouvir.
Gases de efeito estufa, por exemplo. O livro explica o que é e ainda dá algumas dicas para tentar deter este efeito devastador, como preservar as árvores, usar menos energia e reciclar as coisas para não ter que ficar comprando tudo novo sempre.
Será um pouco tipo “faça o que eu digo, mas não o que já fizemos”, mas pode ser divertido e instrutivo. Afinal....Inês é (quase) morta.
Fonte: Resenha de Amelia Gonzalez do caderno de meta do lixo zero, em 070709.

 

Comentários  

 
0 #2 2011-05-05 23:02
Obrigada Angélica. Já vou colocar aqui para uma futura compra e presentear uma criança.
Citação
 
 
0 #1 2011-05-05 19:31
Olá!
Lendo o artigo "Leitura para criança" achei importante mencionar o livro "O girassol e a beterraba". Vi na Saraiva e na livraria Cultura. Então, leia a história (infantil)! Essa é a minha sugestão.
Abraços e parabéns pelo site!
Angélica
Citação
 

Comentar

@co.mailboxxx.net


Código de segurança
Actualizar

Sou Curiosa

O que você passa a conhecer é o seu conhecimento na sua visão, então porque não passar a informação para o outro e a partir daí cada um terá sua própria visão, respeitando o conceito (pré-determinado ou não) de cada um.

 
Pensando em viajar

"Tenho o mais simples dos gostos, me contento com o melhor" Oscar Wilde.

Acredito que o melhor nem sempre quer dizer custo alto, então, procuro dentro de minhas possilibidades fazer as minhas escolhas.... Sônia.

Links com fins sociais:

Casa do Bem
Fazer o bem sem olhar a quem...
ADOTE-RN
Associação de orientação aos deficientes

Meio Ambiente

Me siga também... TWITTER
Twitter @rionatal.

Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 1693462